sexta-feira, 26 de março de 2021

Como Fazer uma Carta de Vinhos

por Alexandre Santucci

Carrego em meu currículo uma marca que me agrada muito. Fui durante 5 anos o consultor responsável do Restaurante Arábia (SP) para realização da carta de vinhos, bem como treinar a brigada para a venda, com isso ganhamos por duas vezes o prêmio de uma das 13 principais cartas de vinho do Brasil pela revista Prazeres da Mesa.
Era um período em que estava totalmente voltado para o assessoramento à restaurantes, lojistas e importadores para escolha de produtos, posicionamento de negócio, marca, e também me colocando como professor em Universidades para os cursos de Gastronomia, Hotelaria e Eventos.
Meu desafio não era apenas fazer um restaurante de comida árabe ser reconhecido como uma boa carta de vinhos, mas intimamente carregava uma informação que ao mesmo tempo que me motivava me causava preocupação, quem vinha antes de mim era nada menos que Manoel Beato, um dos melhores sommeliers do mundo e o sommelier chefe do Grupo Fasano.

quarta-feira, 17 de março de 2021

Seu Negócio é Vinho? Contrate um Especialista!

Em vários artigos (principalmente os com as # e  #) desenvolvo o assunto sobre a necessidade da contratação correta de um profissional/consultoria para seu negócio do vinho.

No artigo "Como montar uma loja de vinho" (que merece uma atualização "on-line, e inclusive foi destaque na revista Terapia do Luxo) comento especificamente sobre como e porquê contratar.

Esses dias recebi, da sua assessoria, a divulgação da consultoria MMarson, que é dirigida pelo amigo Marcio Marson, uma das pessoas que mais respeito nesse mercado. Sempre ousado, porém técnico e expert no assunto: mercado de vinhos.

Em seu texto abre-se: "O desafio de se posicionar num mercado em expansão" - E é exatamente o que defendo quando se busca um profissional, caso do Marcio e sua MMarson, da comandada pelo Santucci, a DV7, pois é necessário esse discernimento para compor seu plano de negócios, montar portfólio, posicionamento de produtos, etc.

Enfim quando pensar em abrir uma loja, aumentar o portfólio seja de sua loja, restaurante ou importadora, re-posicionar seus produtos, ampliar sua base de vendas, opte pelos especialistas "verdadeiramente" de mercado, com trajetória e resultados comprovados!



segunda-feira, 8 de março de 2021

mybest Brasil - KM49 Torrontés

 

Recentemente o "Descomplicando o Vinho" na figura do Santucci foi convidado em fazer parte deste serviço simpático e muito bem desenhado para ajudar na escolha de produtos. 

Trata-se do mybest Brasil que, por eles mesmos -Começamos com a visão de “enriquecer a vida das pessoas”. E para transformar essa visão em realidade, desenvolvemos o serviço conhecido como “mybest”. mybest procura dar uma resposta ao processo de “seleção”. Imaginamos um mundo em que fazer escolhas online seja mais simples e agradável.

A dica do Santucci foi sobre o Kilometro49 Torrontés e ainda ilustra como conheceu o produtor do vinho. Vale a pena conferir: clicando aqui!

mybest Brasil no instagram: @mybest_brasil

sábado, 27 de fevereiro de 2021

Conheça Alexandre Santucci, palestrante e idealizador do mais antigo blog de vinhos do Brasil

 publicado no dia 26/02/2021 (texto reproduzido na integra, veja o original aqui)

Conheça Alexandre Santucci, palestrante e idealizador do mais antigo blog de vinhos do Brasil


Há mais de 25 anos se dedicando a educação etílica, o profissional é autor do livro que leva o nome de sua página na internet: Descomplicando o Vinho



Não há dúvidas de que uma das bebidas mais adoradas pelos brasileiros, e por habitantes de todo o mundo, é o vinho. Seja seco, suave, tinto ou branco, não é difícil encontrar pessoas que apreciem essa bebida secular e que harmoniza com diferentes sabores e texturas da culinária global. Dedicar-se aos estudos e entender o mercado que envolve o Vinho são tarefas em que Santucci, como é conhecido se empenha há mais de duas décadas. 

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

BOURGOGNE

Os Elegantes Vinhos da Borgonha.


A “Bourgogne” é a terra natal da Pinot Noir e da Chardonnay, onde estas castas atingem o ápice de sua expressão. São vinhos sem igual, que podem ser muito elegantes e complexos, talvez o melhor produto do mundo que expressa o conceito de “terroir”

É também da Borgonha o maior ícone dentre produtos e produtores: o Romanée-Conti

Na Borgonha, o sistema de denominações é amplamente baseado no conceito de “terroir”. Elas se dividem em denominações (da mais simples a mais importante) Regionais, Distritais, Comunais, Premiers Crus e Grands Crus.

 A Borgonha se divide basicamente, nas sub-regiões de Chablis, na Côtes de Nuits e Côtes de Beaune (que juntas formam a famosa Côte d’Or), na Côte Chalonnaise e no Mâconnais. Mais ao Sul está Beaujolais.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

GRAPPAS

A Água de Cleópatra?

 

imagem da internet (gazetadopovo.com.br)

Dizem que a origem da Grappa vem do Egito: Um legionário romano de volta para casa havia furtado um artefato de destilação chamado de “Crisiopea di Cleopatra” e iniciou o processo de produção do seu aguardente nas terras do Friuli (norte da Itália). Com uma amostra da bebida egípcia e o equipamento iniciou sua produção datando o século I A.C..

Mas, o destilado semelhante mais próximo do Grappa que conhecemos hoje está localizado na Toscana (Itália) por volta do século XVII. Na verdade, o nascimento da Grappa pode ser datado do século XIV, quando a aguardente foi desenvolvida em alambiques, o que deu um passo importante para se fazer destilados. Por essa razão outras versões afirmam que a Grappa era feita em conventos italianos no século XI.

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

ROSÉ E TENDÊNCIAS

Essa é uma época do ano que os vinhos refrescantes são sempre uma bela pedida, os espumantes como as cavas, os brancos e clara os rosados, mas e pra quem gosta de um pouco mais de corpo, força?


Para a nossa sorte o universo do vinho é tão rico e abundante que encontramos sempre uma alternativa para agradar nosso paladar e o melhor ainda desse mundo é que não para em termos de novidades, novos produtores e produtos. 

Talvez o que venha por aí são os vinhos tranquilos e principalmente espumantes em latas, belos vinhos em bag in box (embalagens de 2, 3 e 5 lts equipadas numa estrutura de caixa de papelão e o vinho envazada numa bolsa de material tetrapack que permite sua vida prolongada mesmo depois de aberta através da torneira acoplada). Agora o que é uma tendência que dia a dia se torna realidade são os vinhos rosés retomando com muita força e os vinhos “ICE”, aqueles produzidas para se beber com gelo, exatamente, você deve adicionar gelo à taça e beber. São vinhos tranquilos, habitualmente leves, ligeiramente doces e também espumantes com características semelhantes.

Mas por que o rosé retoma com força?