quarta-feira, 14 de dezembro de 2022

"Dégustation" ou "Cata" no Qatar

 


E após 4 anos mais uma vez estamos diante de um futuro campeão do mundo, dessa vez um se tornará tricampeão. De um lado a França de Mbappé, de outro a Argentina de Messi e mais uma vez, não importa o resultado o campeão será um produtor de vinho.

Comecei essa analogia em 2010 em texto publicado originalmente na coluna Descomplicando o Vinho no jornal "A Tribuna de Vitória" sob o titulo "Os Campeões do Mundo e o Vinho", texto esse que foi integralmente reproduzido no livro. Pulei 2014 (por motivos óbvios, brincadeira!), mas poderia ter escrito, afinal estavam Alemanha e novamente a Argentina, mas publiquei em 2018 sob o título "A Copa nos Copos!"

A teoria é que o futebol tem uma intima ligação com o vinho; os campeões das copas são produtores ou muito importantes nesse cenário e apesar de muita cerveja, esse ano com certeza comemoram ou se lamentarão, com vinho no copo!

A minha aposta? Cata no Qatar!

sábado, 26 de novembro de 2022

2022 Global Beverage Conference - Enoturismo Brasil

slide da palestra
 Na madrugada de 25 para 26 tive a honra de ser o palestrante brasileiro no evento internacional:
"2022 Global Beverage Conference" realizado por autoridades da Coreia do Sul. Minha participação tinha o intuito de mostrar o momento que vivemos com relação ao enoturismo, porém além, criei uma linha do tempo indicando a evolução do mercado de vinho e produção no Brasil. De 1992 a 2022 podemos dizer que demos um belo salto.


O interesse demonstrado em nosso enoturismo justifica-se para um país que tem um estilo de consumo de bebidas alcoólicas muito semelhante ao do Brasil. Majoritariamente a cerveja tem um papel de destaque semelhante ao nosso, os vinho chilenos ocupam o primeiro lugar em importações e a diferença fica, é claro para um maior consumo do vinho de arroz (saque).


Minha palestra ocorreu on-line, algo tão incrível quanto o salto que demos em termos de vinho no Brasil,  seria impossível transmitir ao vivo do meu escritório para a Coreia do Sul.
(acima um trechinho)




sexta-feira, 11 de novembro de 2022

O Tradicional Catálogo de Final de Ano Beale Bebidas


Nesse 10 de novembro fui conferir o lançamento do tradicional catálogo de final de ano da Beale Bebidas.
Sempre temático o catálogo é preparado usando imagens, ilustrações presentes nas estampas das caixas de presentes. 

O tema deste ano é “Decoração e a Arte Abstrata de Wassily Kandinsky – Expressão de Ideias e Emoções!”.

Para saber mais e baixar o catalogo virtual acesse:

https://www.beale.com.br/

Catálogo: acesse aqui 

 

terça-feira, 25 de outubro de 2022

Maturidade e o Vinho

Em um recorte do PODABNER pude fazer uma das coisas que mais gosto sobre o conhecimento do vinho: Analogias!

Nesse trecho abordando o tema maturidade, pude relacionar com pessoas, vinhos mediocres ou como aprendi ordinários... acompanhe:






segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Varietal, Autóctone e Reservado!

Por incrível que pareça vira e mexe ouço pessoas relacionando reservado com varietal. 

Varietal é o termo usado para descriminar a uva, Cabernet Sauvignon é um varietal, quando o vinho é feito majoritariamente com um (único) varietal é chamado de monovarietal, diferenciando a escola de Bordeaux que utiliza varietais para fazer um "vinho de corte" (cortado com uvas), ou também chamados de assemblage

Quando se confunde o varietal com reservado, entendo que talvez seja por conta do rótulo indicar uma uva, e por alguma razão uniu-se o termo a esse estilo de vinho e marketing. Sabemos que reservado quer dizer nada, é simplesmente mais uma confusão criada para de alguma maneira conferir certa nobreza a um vinho genuinamente ordinário, um vinho para o dia a dia e ponto!

Agora autóctone, como digo no inicio desse vídeo é simplesmente que ou quem é natural do país ou da região em que habita...

Descomplicando o Vinho - Autóctone, é moda?

sábado, 10 de setembro de 2022

O Vinho na Política

 Em um recorte da publicação do LinkedIn,  abri esse espaço para falar de algo muito importante:
O Vinho na Política. 

Há muito tempo o setor reclama a falta de uma voz pública e politica com poderes para legislar. Essa é uma oportunidade. Tivemos na eleição passada (a vereador) o Duda Zagari no RJ e agora Zoraida Lobato para deputada estadual em São Paulo.
Vale a pena conhecer mais sobre suas ideias e quão propositivas são para o setor de bebidas (só clicar: Zoraida Lobato)

Para assistir ao informativo completo acesse: Mercado do Vinho - Setembro



segunda-feira, 5 de setembro de 2022

Personalidades: Península Ibérica

O livro "Descomplicando o Vinho" comentando, no youtube, já está em seu capítulo 12. Estamos falando de Portugal e Espanha, no que chamei de Personalidades do Vinho.

Os episódios estão todos lá e vão ao ar todas as segundas.


 Portugal e Espanha merecem mais espaço em nosso mercado, principalmente Espanha.