segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

Espumante de Cerveja? A primeira Cerveja Brut do Brasil!


Acordar às 6:30H em pleno sábado parece covardia, mas lá estava eu de pé para dirigir-me a uma experiência bem interessante: conhecer uma cerveja artesanal finalizada como espumante, ou até poderia dizer uma espumante de cerveja.

Confesso que histórias como essa me fazem sair de casa com muita alegria e não é que o destino, o que não pensava, era uma vinícola? Imaginei que visitaria a linha de produção da cervejaria Paulistânia, mas não, fui até São Roque, rota do vinho, precisamente na quase centenária Goés. 
Um passeio bem animado com quase toda equipe da Bier & Wein, estava ali, para prestigiar o lançamento da Paulistânia X (10), em comemoração aos 10 anos da marca, vendas, marketing, logística, etc. e os mentores da ação e do produto: Sr. Roberto Stein (Diretor), Eryck Machado (Gerente de Produto) e o autor, o mestre cervejeiro Wilson Junior.
Chegando a vinícola reencontro um velho conhecido Fábio Goés o enólogo responsável pelos vinhos da vinícola e também coautor desse projeto muito bem elaborado.

Saber dos movimentos da vinícola, o lançamento do Cabernet Franc (que tinha visto recém-plantado há cerca de 10 anos) com o nome Philosophia, o uso da poda invertida, deixou-me bastante animado, mas como assunto era Cerveja fomos, depois de sabrada pelo gerente de Vendas Alexandre Guerra (uma figura, super bem humorado), conhecer e degustar a cerveja.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Vinho do Atacama - Ayllu


No meu diário de bordo desse início de ano registrei minha vontade (frustrada) de visitar uma vinícola no Atacama (Chile). Estava de férias, mas tinha incluído essa possibilidade. 

Trata-se da Viña Santa Romina que fica em Toconao.  

A história nos conta que com a chegada dos espanhóis na região e a tentativa de evangelizar os atacamenhos (ou lickan antay) introduziram as primeiras videiras há mais de 400 anos para obter vinho para a realização das cerimônias religiosas.

terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Wine Garden Bar & Bistrô: Novidade na charmosa Vitória!


O amigo Silvestre Tavares, companheiro de copos e de júris é um dos capitães dessa bela iniciativa: o Wine Garden Bar & Bistrô, aberto no finalzinho de 2018. 
Imagem: Instagram Wine Garden
Localizado na Praia do Canto o  wine bar “ conta com  aconchegante ambiente externo que  acomoda 30 pessoas, distribuídas em 7 mesas e internamente uma área climatizada para 12 pessoas. A carta, com cerca de 150 rótulos de todo o mundo do vinho com preços bem acessíveis e inclusive do Brasil, propõe ao consumidor a experiência, além do tradicional "wine bar", do rodízio:

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Bardega, entre umas e outras!

por: Alexandre Santucci

(arquivo pessoal)
Assim como ao avaliar um vinho, ou produtor, gosto de saber sua história, sua continuidade, prefiro falar de um local quando ele evolui e resiste ao tempo.  
Esse é o caso do Bardega, aberto desde 2012, o wine bar que leve o nome indicativo "da adega ao bar" utiliza o sistema de prova de vinhos em uma carta de cerca de 100 rótulos, passeando pelos principais países produtores e até alguns inusitados como o Líbano. Em doses de  30, 60 ou 120 ml, você mesmo se serve em umas das máquinas wine server Enomatic, basta escolher o vinho,  inserir um cartão (que recebe ao chegar) e selecionar uma das 3 opções.

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Oficina de Pizzas e Matterello - Degustando há tempos!

Degustação Matterello 2004 - Arquivo Pessoal

Há algum tempo o Matterello encerrou suas atividades, se não me engano em 2012, porém minha lembrança do restaurante com arquitetura assinada por Vitor Lotufo, suas garrafas nas paredes, seus arcos, uma comida sensacional com destaque para o bocconcini, uma excelente adega, e toda ambientação que favorecia o vinho, não sai da cabeça.




terça-feira, 30 de outubro de 2018

Ofertas de Vinho e outras ofertas...

por: Alexandre Santucci


Há alguns instantes recebi a mensagem de uma amiga pedindo indicação de vinhos BBB (não do big brother, mas Bom, Bonito e Barato).
Quem me acompanha sabe que bebo vinhos sem descriminação, já bebi os mais caros do mundo e também os mais baratos, por puro diletantismo (o que mais acontece) ou exclusivamente por força do trabalho. Por isso também que acabo recebendo, com alguma frequência, essa demanda. Curioso é que na sequencia ela me diz receber, semanalmente, ofertas de vinhos e kits, mas que desconfia (da qualidade) por conta dos “espetaculares” descontos...
Quem, dos que gostam e compram vinhos, não recebe essas ofertas, por e-mail ou pelas mídias sociais?
Particularmente acho até engraçado, mas de fato é vergonhoso!

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Grande Prova de Vinhos do Brasil 2018

selo-campeao-gpvbReconhecidamente a maior prova, às cegas, de vinhos brasileiros disponíveis no mercado estabeleceu um espetacular recorde de 920 amostras (872 vinhos e 48 sucos de uva) de 117 vinícolas, incluindo a já comemorada e excelente safra de 2018.

Em sua 7ª edição a Grande Prova Vinhos do Brasil foi realizada de 27 até 30/08, somando cerca de  32 horas trabalho para 26 jurados reunidos no Hotel Vila Galé, na Lapa, no Rio de Janeiro.

Marcelo Copello, curador, um dos organizadores do evento e presidente do júri declara: “É notável como o crescimento de participação traduz a evolução do mercado. Não apenas em números, mas também em qualidade e apreço e reconhecimento do consumidor”, especialmente se pensarmos que em sua primeira edição, no ano de 2012, eram 284 amostras.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...