sábado, 21 de julho de 2012

A Vergonha de Ser Blogueiro

Talvez poucos saibam, mas criei meu primeiro blog em 2005, ainda pela UOL e já postava minhas ideias sobre vinhos e o estilo de mercado que o Brasil poderia sonhar.
Descomplicando o Vinho não é e nunca foi uma "chacotinha", algo para chamar atenção, sempre foi um algo levado muito à sério, por isso ganhou a TV e outros desdobramentos. Faço isso desde 2001 quando lancei a coluna no catálogo da World Wine La Pastina e de lá pra cá sempre assino minhas iniciativas, sejam, cursos, palestras, programas, enfim qualquer que seja, pois acredito no que faço e assumo.
Como profissional do vinho levo em minha história a passagem pelas principais importadoras do país participando e encabeçando projetos muito significativos na história do vinho no Brasil.
Há tempos passei a me dedicar aos artigos que escrevo semanalmente e por respeito aos meios que me pagam para escrever passei a reproduzir apenas alguns poucos textos nesse blog.
Assim venho lamentar o nível daquilo que vem sendo publicado.
Um baixo nível sem igual, pessoas que copiam e colam os "releases" das assessorias de imprensa,ou que criam textos só para chamarem atenção e criarem seus hits, se tornarem os mais vistos em uma das iniciativas mais interessantes que vi nos últimos tempos, o Enoblogs.
Me pergunto para que? O que ganha o coletivo, o mercado, os consumidores? ou afinal não são os blogueiros, pessoas que dividem suas opiniões com outras pessoas?
We estamos blogando o que?
Por favor, não confunda o Descomplicando o Vinho, nem Alexandre Santucci com essa nuvem, que só busca aparecer e ganhar a todo custo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...