sábado, 21 de julho de 2012

A Vergonha de Ser Blogueiro

Talvez poucos saibam, mas criei meu primeiro blog em 2005, ainda pela UOL e já postava minhas ideias sobre vinhos e o estilo de mercado que o Brasil poderia sonhar.
Descomplicando o Vinho não é e nunca foi uma "chacotinha", algo para chamar atenção, sempre foi um algo levado muito à sério, por isso ganhou a TV e outros desdobramentos. Faço isso desde 2001 quando lancei a coluna no catálogo da World Wine La Pastina e de lá pra cá sempre assino minhas iniciativas, sejam, cursos, palestras, programas, enfim qualquer que seja, pois acredito no que faço e assumo.
Como profissional do vinho levo em minha história a passagem pelas principais importadoras do país participando e encabeçando projetos muito significativos na história do vinho no Brasil.
Há tempos passei a me dedicar aos artigos que escrevo semanalmente e por respeito aos meios que me pagam para escrever passei a reproduzir apenas alguns poucos textos nesse blog.
Assim venho lamentar o nível daquilo que vem sendo publicado.
Um baixo nível sem igual, pessoas que copiam e colam os "releases" das assessorias de imprensa,ou que criam textos só para chamarem atenção e criarem seus hits, se tornarem os mais vistos em uma das iniciativas mais interessantes que vi nos últimos tempos, o Enoblogs.
Me pergunto para que? O que ganha o coletivo, o mercado, os consumidores? ou afinal não são os blogueiros, pessoas que dividem suas opiniões com outras pessoas?
We estamos blogando o que?
Por favor, não confunda o Descomplicando o Vinho, nem Alexandre Santucci com essa nuvem, que só busca aparecer e ganhar a todo custo.

7 comentários:

  1. Santucci,

    Faço minhas suas bem lançadas palavras. Manchetes que não correspondem às postagens e abuso na utilização dos press-releases infelizmente estão se tornando uma deplorável rotina. Tem gente que não posta nada, apenas replica enfadonhas listas de vinhos, notícias requentadas e o pior: press releases inúteis que tão logo batem na minha caixa postal são deletados depois de alguns instantes viram manchetes. Uma pena! Cada um tem seu valor e vc certamente é reconhecido pela qualidade daquilo que produz e cresceu ainda mais no meu conceito depois desse artigo que torço que tenha boa repercussão porque vc tocou no "punctum saliens".

    atenciosamente

    Jeriel

    ResponderExcluir
  2. olá Alexandre,

    venho acompanhando seu trabalho já faz algum tempo e gostei muito.. de tudo que vi por aí e li achei o mais tranquilo, sensato e de linguagem fácil... sem ser cansativo!

    vi principalmente seus vídeos no youtube e gostei bastante...

    gostaria de publicar esses videos na minha página de vinhos no facebook.. para isso vim aqui pedir a sua autorização.

    a página é essa: https://www.facebook.com/ArmazemDV

    é bem simples.. estou começando e o intuito e trazer um pouco mais de familiaridade aos amigos que tenho, sobre o que é vinho..

    então peço sua autorização para isso.. !! fico no aguardo e desde já o parabenizo pelo trabalho... existem mesmo blogs e Blogs... a diferença se faz no trabalho sério apresentado e no reconhecimento dele !!

    abraços

    Lucas Bolívar

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alexandre!

    Acompanho seu trabalho e também estou no mundo do vinho há bons anos! A pedido de amigos, faz uns 3 meses que decidi compartilhar minhas ideias num blog, o VINHO SIM.

    Nos últimos anos fui um leitor de poucos blogs (que considero bacanas!) e tenho tomado bastante cuidado para não escrever bobagens ou mesmo textos que não acrescentem nada à comunidade do vinho.

    Esse seu texto me trouxe um certo conforto: suas palavras são exatamente o que eu estava pensando nas últimas semanas, mas não tinha ideia de como escrever. Obrigado por compartilhar!

    Eu ficaria feliz com a sua visita ao meu blog e mais ainda com críticas e sugestões que possam me dar suporte para melhorar o VINHO SIM!

    Um grande abraço.

    Epifânio Galan
    VINHO SIM (http://vinhosim.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre passeio pela blogsefera, e já tinha visto seu blog.
      Obrigado pelas gentis palavras e com certeza o que puder contribuir, assim o farei.
      Abraços,

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...