terça-feira, 3 de outubro de 2017

⭐Encontro com Estrelas ⭐

Arquivo pessoal (Instagram)
Recentemente fui convidado para assessorar a estrela global Fernanda Souza na abertura do champagne utilizando o Sabre (*). Curiosamente testamos com um espumante mais simples e não funcionou dada a qualidade da garrafa (sua linha de corte era muito fina), mas na garrafa do programa (Vai Fernandinha) funcionou muito bem.

Saindo de lá vi que fazia todo o sentido a frase "Estou bebendo estrelas", que teria dito Dom  Pérignon, monge beneditino, ao beber pela primeira vez o vinho espumante de Champagne.
Champagne é realmente uma bebida de estrelas, encanta por sua beleza, seus aromas e pelos momentos em que são abertos. A bolha representa muito bem, uma bolha onde estão as estrelas, seus mundos particulares e uma forma bem especial de ver e falar com o mundo.
Não posso dar detalhes, mas o programa todo me colocou num universo fantástico, uma casa de chocolate, país das maravilhas, ou porque não dizer o excêntrico mundo de estrelas champanhadas!

Tão fantástico e paradoxal, um mundo de estrelas unidos pelo espumante francês, tão francês quanto outra estrela, Napoleão Bonaparte, excelente estrategista, amante e atento as boas coisas da vida, talvez por isso se mantinha sempre à frente de suas batalhas para voltar vivo de todas elas.
A Arte e a Guerra são para poucos, para aqueles que se colocam a frente de seu tempo, das situações, colocam força e ternura, se esmeram em detalhes com profundidade, alcançam, talvez, por que veem de cima, estrelas!


Aproveitei o momento, ensaiei e registrei. Assista ao vídeo:




(*)A Sabragem é uma técnica, de origem francesa, utilizada para abrir uma garrafa de champagne. 

Este ritual  tem suas origens no século XVIII, quando Napoleão Bonaparte comemorava com seus soldados, as batalhas vencidas, degolando as garrafas de champagne com seus sabres.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...