terça-feira, 17 de março de 2020

E O VINHO EM TEMPOS DE CORONAVÍRUS?


Já havia escrito aqui que em tempos de crise se bebe mais (leia), mas desta vez a questão é se deslocar, se aglomerar...
Já percebemos o impacto desta pandemia em diversas áreas do comércio, serviços, restaurantes e ainda temos pouca ideia quais mais efeitos afetaram nossas vidas e a economia.
Em alguns países europeus os governos estão se antecipando e gerando benefícios para autônomos, pequenos negócios, desde o apoio financeiro até diminuição de taxas, impostos, bancos abrindo negociação de dividas com juros e prazos maiores.

Mas, e o vinho?
As lojas de alguma forma estão sofrendo com a diminuição da circulação, talvez as de shopping sofram ainda mais!
Porém, em tudo podemos ver o outro lado, tirar algo bom, toda crise gera oportunidade e também faz criar alternativas.

Quando ainda dava consultorias sempre incentivava para essa prática a seguir, hoje entendo que só mentorando o empresário é possível chegar,  porém fica aqui a dica e aos que tiverem ouvidos que ouçam!

Acredito que esse seja o momento para muitos empresários, empreendedores do setor investir nas vendas diretas, pratica antiga? Talvez, mas ainda é bem possível levar os produtos para o cliente, desenvolver estratégias ante seu estoque disponível. Hoje mesmo estava lendo um restaurante fazer isso, por que não?

Muitos consumidores sofrerão menos, aqueles que estão empregados provavelmente ainda desfrutem deste conforto, além do que o consumo em casa é mais tranquilo, é possível cometer alguns exageros, chamar amigos, vizinhos.

Basicamente não há muito que mudar a não ser o foco, ao invés de esperar o consumidor ir atrás dele. Ferramentas como as mídias sociais, whatsapp, o velho telefone ou e-mail estão aí disponíveis, basta colocá-los em ritmo mais frenético.

Nenhum comentário:

Postar um comentário