Mostrando postagens com marcador Homenagem. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Homenagem. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Domaine Sainte-Marie

Templo do vinho, galeria de vinhos, uma das melhores do mundo... 

Essas eram algumas das frases que ouvíamos quando nasceu a Domaine Sainte-Marie, inaugurada junto com o Shopping D&D em setembro de 1995.
Incrível é que buscando sobre a loja nada encontrei, nenhum registro, nenhum rastro, apenas duas citações na folha de São Paulo (uma entrevista que dei, outra do querido Jorge Carrara ). Digo incrível, por que deveria ser um local reverenciado como um modelo, como templo mesmo e principalmente pela história que foi feita naquele lugar.



Em junho de 1995 fui contratado pelo excelente Geraldo Brasil para integrar a equipe de gerentes de contas comandados por Elídio Lopes Cavalcanti, o Lopes, e trabalhar no empório mais badalado de São Paulo, o Empório Santa Maria, dos empresários Otávio e Tânia Piva de Albuquerque. 
Não tinha a menor ideia do que fosse vender vinhos caros, muito menos que consumidores alcançaria ainda mais por telefone e mala direta, mas esse era o cenário de um jovem de 25 anos recém saído da maior rede hoteleira do mundo, o Hilton.

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Expand 20 anos depois...

por Alexandre Santucci
Depois de um ano com muitas atividades, praticamente encerro com a série de palestras no evento
  “Feira dos Campeões” da Vejasp Comer & beber.  
Aproveito para registrar, pois, ao realizar as palestras me dei conta que o “Descomplicando o Vinho” ano que vem fará 18 anos – foi com uma brincadeira de que ele se tornaria maior de idade e poderia beber sozinho, por isso dei a ele um irmãozinho, o “Wine Comedy”...
Expand 20 anos há 20 anos!
O último job na Expand,
graças a ele comecei a escrever.
Mais da metade dos textos foram
escritos por mim. 

Pensando nisso, fui buscar meus registros, procurar história e descobri que então chamado “templo do vinho Domaine Sainte-Marie” não tinha nenhuma referência e mais, descobri que esse ano faz 20 anos que saí da Expand, essa a grande referência de vinhos no Brasil.

domingo, 14 de agosto de 2016

Filhos orgulhosos, Pais Presenteados!

Essa semana, depois de muito tempo, coloquei o Descomplicando o Vinho no instagram, ainda preciso aprender a lidar bem com essa rede social, mas o interessante e coincidente é que isso se deu neste período que antecede o dia dos pais e por diversas razões acabei escolhendo um imagem para representar a data. 
A imagem é a famosa e brilhante foto do criador do fotojornalismo Henri Cartier-Bresson chamada “Rue Mouffetard Paris (1954)” que retrata um garoto carregando duas garrafas magnum (1,5 lt) de vinho com o sorriso de orgulho.

terça-feira, 22 de março de 2016

Descomplicando o Primeiro Encontro

E nesse mês comemoramos o dia internacional da Mulher, eu que sou apaixonado por elas, sempre me rendo, elas merecem todas as nossas homenagens. 
Para não passar em branco deixo aqui um pensamento: “A mulher foi feita dos pés, nem da cabeça, mas da costela do homem, por que é do lado para ser igual, debaixo do braço para ser protegida e ao lado do coração, para ser amada”
Inspirado nesse clima de ternura que me ocorreu “O Primeiro Encontro”! Sabe aquele dia em que você convida, ou é convidado para sair com alguém pela primeira vez?
Muita gente já passou por isso, ou vai passar, dá aquele frisson; capricha nas roupas, no perfume, imagina como será, essas coisas... e o convite para jantar.
O ideal é procurar saber as preferências, tipo de comida, local e:
- Você gosta de vinho?

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

A Primeira Dama do Vinho - Baronesa Philippine de Rothschild

“Produzir vinho é relativamente simples, só os primeiros duzentos anos são difíceis.” 
A frase histórica da Baronesa Philippine de Rothschild, dona do Chateau Mouton Rothschild, Château Clerc Milon e Chateau d'Armailhac em Pauillac e de todas as propriedades Baron de Rothschild marca a personalidade dessa parisiense nascida em 1933.

A filha do Baron Philip de Rothschild, não esteve à frente dos negócios da filha desde sempre, mas teve uma brilhante carreira como atriz. Formada pelo Conservatoire National d'Art Dramatique (Paris) atou na importante companhia La Comédie Française  ao lado de grandes nomes  como Catherine Deneuve, entre os anos de 50 a 80.
Praticamente foi obrigada, por força das circunstâncias, abraçar os negócios da família. Philippine era a filha única de um homem obstinado e incansável, tanto que entre tantos feitos, lutou muito para conseguir o reconhecimento de Premiere Grand Cru Classé mais de 100 anos após a classificação oficial de Bordeaux e passou a ocupar o mais alto grau para um vinho na França.
Foi o falecimento de seu pai que a fez assumir e se tornar a primeira dama do vinho, em 1988 e abandonar definitivamente os palcos. É bem verdade que tivemos a Madame Clicquot, séculos antes, mas apesar de sabermos que era ela quem comandava, para a sociedade era ela apenas uma herdeira com boas ideias, liderada por homens de confiança de seu falecido marido. Já Philippine estava deliberadamente à frente, o que não foi fácil.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Justa Homenagem - Saul Galvão



Hoje ao ver meus e-mails fui tocado por uma, já saudosa, tristeza.
O mestre Saul Galvão deixará de alegrar as festas. Por onde passava era sempre uma alegria, seu jeito especial, nada comedido, deixará saudade.
Foi com seu livro que aprendi muito sobre vinhos. Na época em que li foi o meu expansor do universo dos vinhos e até hoje consulto seus escritos e seus comentários. Na reedição ganhei uma dedicatória que me emocionou muito, um dia a transcreverei, por que hoje quero só saudá-lo aonde quer que ele esteja, junto aos braços do PAI com certeza.
Obrigado mestre Saul Galvão. Fique em PAZ!