terça-feira, 27 de junho de 2006

Vinho e Guarda - Adegas e adegas


Vinho e Guarda - Adegas e adegas

Uma das perguntas recorrentes dizem respeito a ter ou não uma adega climatizada.
Há algum tempo uma amiga jornalista me entrevistou para falar de adegas, era época do apagão e a pergunta “o que
devem fazer os donos de adegas climatizadas?”.
Para mim, fica a relatar que a guarda dos vinhos deve ser como diz a regra, garrafas deitadas, sem contato direto com a luz
e longe do calor.
Já fui um ardoroso defensor da adega climatizada, hoje não mais, o que não significa que acho inútil seu uso, pelo
contrário, na época do apagão, sugeri que os donos de adega poderiam dormir tranqüilos que seus vinhos não sofreriam,
pois mesmo sem energia, suas adegas cumpririam quase todos os quesitos, exceção ao controle de temperatura e de
umidade.
Se você for guardar vinhos por mais de dois anos, aí é quase obrigatório comprar uma adega climatizadora, a não ser que
você tenha uma adega subterrânea num clima de serra, ou algo parecido com o da Europa.
Nos demais casos, se não tiver uma adega, compre seus vinhos e consuma em até seis meses e lembre-se vinho bom é o
que te dá prazer.
Se quiser comprar uma adega, sugiro a da Art de Caves.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...