sábado, 17 de julho de 2021

Orion Vinhos lança novo rótulo: Brunello di Montalcino Bergollo DOCG

 

Lançamentos fazem parte de nova estratégia comercial da importadora

A Orion Vinhos acaba de estrear uma nova linha de vinhos em meio a uma mudança de posicionamento estratégico com as importadoras do país. No início da semana, a empresa apresentou o Brunello e Rosso di Montalcino, ícones da Itália, com a marca própria Bergollo, e os portugueses da Caves da Montanha: Anzol DOC Douro, Convento de Mortágua (Vinho Regional Alentejano) e Passal (vinho rosé com uma embalagem vintage).

A empresa tem comunicado sobre uma espécie de “código de conduta” para o mercado de vinhos no Brasil, em busca de uma relação transparente entre os importadores no que diz respeito às constantes trocas de produtos.

Na opinião da Orion Vinhos “perdem todos. Os importadores, consumidores, mas é ainda pior para a própria marca do vinho. A relação precisa ser melhor e nós importadores precisamos conversar abertamente sobre as ofertas dos produtores. Na eventual troca de mão o novo importador acha que está levando vantagem, porém está no escuro. Não tem a menor noção de que trabalho foi feito pela marca, qual o impacto no custo recente, quanto o importador anterior tem em seu estoque, se ainda há safras antigas etc.” comenta o especialista em vinhos, e consultor de Marketing e Comunicação da empresa, Alexandre Santucci.

A companhia entende que as alianças são construídas dia a dia. “Criar relações sólidas dentro do ambiente corporativo é como qualquer outra relação. É preciso confiança, transparência e ganha-ganha.” Acrescenta.

Sobre os lançamentos, a Orion destaca o Brunello di Montalcino Bergollo DOCG 2015, fruto de uma parceria com a tradicional vinícola Camigliano.
A ação de lançamento está presente em vários canais e os vinhos ganharam um site exclusivo, onde se pode conferir todos os detalhes e ainda baixar as fichas: https://brunellobergollo.com.br 

fonte:  DI COMEDY ON-LINE

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ON-LINE


sexta-feira, 4 de junho de 2021

Como faço para entrar no mercado de vinhos?

Comemora-se o dia do Sommelier em duas datas: 03 de Junho, pelo dia internacional e 29 de Agosto aqui no Brasil, pois foi o dia em que o profissional foi reconhecido em lei. O enólogo é outro profissional, também reconhecido por lei, envolvido nesse maravilhoso mundo do vinho, porém  existe muitos profissionais que fazem com que esse cenário fique de pé e nos traga o que há de melhor para ver, sentir e beber.

Uma pergunta é recorrente: “Como faço para entrar no mercado de vinhos?”

sexta-feira, 21 de maio de 2021

Casamento – O segredo da Harmonia

Que sou romântico creio que o leitor já percebeu. Ainda sou do tipo que manda flores, faz declarações e juras de amor e gosto de mulher. Acho perfeita a união do homem e da mulher, ainda mais quando juntos dão frutos. 
Você também já deve ter percebido que habitualmente trago exemplos e nosso cotidiano para ilustrar de uma maneira mas conhecida o universo do vinho.

Tempos atrás falamos de como se harmoniza com vinho. 
Refletindo fico imaginando quem seria o vinho nessa relação, com certeza o homem, pois é quem vem depois, parece que está escolhendo, mas no fundo está sendo escolhido, quem determina o vinho é a comida. 
Mas, então como encontrar o casamento perfeito? 
Só aqueles que buscam harmonia, encontram o par ideal, talvez diria o poeta! 
Não é tão difícil imaginar, ou lembrar. 

Tenho certeza que você mesmo já passou por essa situação:

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Segundo especialistas, vinhos portugueses são preferidos pelos brasileiros

A bebida é uma das mais importadas em todo o mundo e faz sucesso também no Brasil


O vinho é uma das bebidas mais apreciadas pelo público brasileiro. Prova do sucesso da bebida se dá através dos números de uma pesquisa realizada pela OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho) que mostram acentuado crescimento no número de litros per capita ao longo dos últimos anos. Ainda segundo pesquisas, os vinhos provenientes de Portugal são um dos mais consumidos pelo público brasileiro e ocupa o 2º lugar em importações no mundo. 

O sucesso da bebida europeia no Brasil pode ser determinado através de algumas características peculiares, como o custo-benefício dos rótulos e a variedade de sabores – são cerca de 14 regiões produtoras e mais de 250 uvas nativas, tornando a produção de vinhos portugueses uma das mais variadas e com diferentes opções de harmonizações, agradando diferentes paladares e perfis. 

Em entrevista a Alexandre Santucci, Consultor de Comunicação e Marketing da Orion Importadora, Manuel Baptista, diretor de Exportação da Caves da Montanha e responsável pela introdução de vinhos para o Brasil através da Orion Importadora, explica que “o Brasil representa um mercado considerável com grande potencial de crescimento”. Confira a entrevista completa:

quarta-feira, 28 de abril de 2021

Com que taça eu vou? (Escolhendo a taça para seu vinho)

Tenho um costume, desde o tempo que dava aulas regulares em faculdades, de ler o que me aparece, seja em revistas, livros, sites, blogs, enfim onde houver uma fonte de informação ou pesquisa. Recentemente vi alguns vídeos da jornalista Claudia Matarazzo falando sobre vinhos e etiqueta e em um deles se fala sobre os cuidados com o serviço e o motivo por que se brindam taças, vale a pena ver.

Em realidade estava procurando saber o que se tem dito sobre o assunto, pois recentemente me perguntaram sobre o tema nos sentido que taça comprar.
Respondo com um trecho pinçado do meu livro: “Se pensarmos que uma roupa ajuda a valorizar nosso corpo, da mesma maneira pensamos para tirarmos o melhor proveito de um de vinho utilizando a taça ideal, corretamente. Assim como na moda, os tecidos e formas evoluíram para nos deixar mais a vontade e elegantes as taças para vinhos também. 
Os recipientes foram desenvolvidos para conduzir o vinho à boca e ao nariz de maneira a realçar cores, aromas e sabores, o que influencia diretamente no resultado. Os testes iniciais comprovaram rapidamente essas mudanças e hoje podemos repetir facilmente ao beber um mesmo vinho em taças completamente diferentes."


De fato o formato da taça muda nossa percepção do vinho e isso é algo que devemos saber bem, o vinho não muda com a taça, o que muda mesmo é como passamos a sentir, principalmente aromas.

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Orion Vinhos Atualizações

 

Orion Vinhos companhia rebate informações mentirosas sobre mudanças administrativas

No final do ano de 2020, um dos dirigentes da Orion Vinhos, que estava à frente da área comercial, deixou a empresa justificando que sairia do segmento de importação de vinhos e bebidas.

Orion Vinhos companhia rebate informações mentirosas sobre mudanças administrativas

Em comunicado, a empresa ressalta compromisso com fornecedores e clientes

No final do ano de 2020, um dos dirigentes da Orion Vinhos, que estava à frente da área comercial, deixou a empresa justificando que sairia do segmento de importação de vinhos e bebidas.

Infelizmente não foi o que aconteceu.

A partir desse momento começaram a circular, de forma mentirosa, informações de que uma nova divisão da Orion Vinhos seria responsável pela venda de determinados produtos.

Através desse comunicado a empresta reforça que tal anúncio é uma inverdade. No entanto, o que realmente é verdade diz respeito a continuidade dos trabalhos com seu quadro original de Diretores, que garantem não só a qualidade das operações, que se iniciaram 2009, como várias mudanças significativas e que conduzem a Orion para um futuro amplamente promissor, tanto no sentido de mais agilidade no atendimento ao mercado como em marcas e produtos.

sexta-feira, 26 de março de 2021

Como Fazer uma Carta de Vinhos

por Alexandre Santucci

Carrego em meu currículo uma marca que me agrada muito. Fui durante 5 anos o consultor responsável do Restaurante Arábia (SP) para realização da carta de vinhos, bem como treinar a brigada para a venda, com isso ganhamos por duas vezes o prêmio de uma das 13 principais cartas de vinho do Brasil pela revista Prazeres da Mesa.
Era um período em que estava totalmente voltado para o assessoramento à restaurantes, lojistas e importadores para escolha de produtos, posicionamento de negócio, marca, e também me colocando como professor em Universidades para os cursos de Gastronomia, Hotelaria e Eventos.
Meu desafio não era apenas fazer um restaurante de comida árabe ser reconhecido como uma boa carta de vinhos, mas intimamente carregava uma informação que ao mesmo tempo que me motivava me causava preocupação, quem vinha antes de mim era nada menos que Manoel Beato, um dos melhores sommeliers do mundo e o sommelier chefe do Grupo Fasano.