quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

A Expressão Cultural do Vinho


Já algum tempo venho escrevendo sobre a presença do vinho em várias áreas da manifestação cultural. Falamos do vinho na música, no cinema, no teatro, pintura, agora durante a maior festa popular do Brasil, o carnaval, teremos mais uma vez o vinho muito bem ilustrado e literalmente fazendo parte da harmonia do samba, quero dizer não só como uma alegoria, mas o vinho é
tema em uma das mais importantes escolas de Samba do Brasil, a Vai Vai, de São Paulo.

O curioso, o ineditismo, desse fato é que realmente se retratará a história do vinho. O desfile deve vir com um colorido grená, vermelho rubi, imagino até que muita água colorida, simbolizando o vinho, correrá na avenida, além de um banho de espumas, ou espumante.
Toda essa homenagem tem apoio do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), que vem desde o ano passado sendo parceiro em ações de marketing da Escola de Samba. Imagino que muito produtores de todas as regiões vinícolas do Brasil estarão presentes no evento.

De uma certa maneira podemos assim também afirmar que o vinho brasileiro vem melhorando e muito sua relação com o consumidor, não só em produzindo melhor, mas efetivando ações que visam trazer o vinho para um lugar mais próximo da população.
Unir o vinho ao carnaval é perceber a harmonia e o potencial que há entre a maior festa popular do mundo, que é o Carnaval, e o vinho, uma bebida tradicionalmente ligada à cultura e à celebração.

A mudança, para nós consumidores, também é interessante. Tradicionalmente a bebida desses dias festivos é a cerveja, porém agora temos que pensar no vinho. Sinceramente, quando substituo a cerveja, naturalmente tenho na mão um espumante. Para mim ele cumpre essa função de forma magistral e na maioria das situações muito melhor que a própria cerveja.

Olha que meus olhos encheriam de lágrimas se tivesse um camarote patrocinado por produtor de espumante e ainda que aparecesse tanto quanto os das loiras com nomes espalhafatosos. Seria um marco, taçinhas (mesmo que de plástico) invadindo as galerias e arquibancadas.

Vamos aguardar, enquanto isso não acontece exatamente assim, posso sugerir para aqueles que já compraram essa ideia de substituir a cervejinha pelo espumante ou até por tintos, por que não?
Tintos leves que possam ser refrescados, ou até os roses caem muito bem nesse tipo de folia.
Como dica, prefira os vinhos do novo mundo, mais frescos e frutados. Já para o espumante, incentivemos os nossos, não só por puro patriotismo, mas por ser muito adequado à festa, a estação do ano e por sua característica: leve, frutado, acidez na medida certa.

Sobre o desfile e o samba:

O vinho é o tema do desfile da escola de samba Vai-Vai em 2013, no samba enredo “Sangue da terra, videira da vida. Um brinde de amor em plena avenida! – Vinhos do Brasil”, a escola vai contar a história do vinho no Brasil correlacionando com fatos na linha do tempo.
O desenvolvimento está a cargo do carnavalesco Cahê Rodrigues e o samba enredo composto por Zeca do Cavaco, Ronaldinho FQ, Osvaldinho da Cuíca, Evaldo Rodrigues e Valter Camargo, tem na sua letra as origens do vinho, misturadas ao amor e a alegria. Acompanhe um trecho: Divino Eu Sou, Sangue Da Terra, Videira Da Vida, Num Brinde De Amor Transbordo
Em Plena Avenida, Cantando Um Sonho Novo, Matriz, Escola Do Povo, Respeite O Meu Pavilhão...

Pra quem quiser acompanhar: A VAI VAI será a quarta escola a entrar na avenida na sexta-feira (dia 8 de fevereiro de 2013).
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...